Como Ser Chamado Para Entrevistas De Empregos

mulher triste em frente ao seu notebook

Então você cadastra seu currículo em empresas e nunca recebe contato? Não ser chamado para entrevistas de emprego pode ser sinal de problemas na sua comunicação, saiba corrigir isso!

Nós deixamos algumas situações e como corrigir cada uma delas neste post. São falhas comuns e que muitas vezes não são notadas pelo candidato. Dá uma conferida!

Currículo com erros

Talvez seja a causa mais comum para um candidato não ser chamado em uma entrevista de emprego.

É muito importante revisar bem e periodicamente o seu currículo. Não é porque não surgiram novas experiências, que você deixará o documento sem atualização. Revise endereço, contatos, veja o que pode agregar na formatação ou, até mesmo, nas informações.

É ainda mais importante que você tenha várias versões do seu currículo. O ideal é produzi-lo de acordo com o perfil de cada empresa, destacando os pontos que mais podem lhe dar vantagem na seleção.

Revise, principalmente, a ortografia e a gramática do currículo. Se você apresenta um documento com erros de português, as chances de ser chamado para uma entrevista de emprego são mínimas.

Falta de pré-requisitos para a vaga

Você está com o currículo impecável, sem erros, mas as entrevistas de emprego ainda não aconteceram.

Outro grande fator que desqualifica um candidato, por mais experiência de mercado que ele tenha, é a capacitação para aquela vaga.

Hoje as empresas buscam contratar cada vez mais, funcionários que desempenham multifunções, que sejam independentes e, principalmente, proativos.

Busque uma atualização em seus cursos. Se você tem certificações muito antigas, elas podem não ajudar na sua classificação.

Hoje temos a facilidade de encontrar cursos de capacitação 100% online, o que não exige de você deslocamento e nem um tempo maior do seu dia. Aposte neles!

A impaciência é uma grande inimiga

Você deixou o currículo para algumas vagas já há alguns dias e nenhuma empresa entrou em contato ainda. Isso pode ser um sinal não tão bom, mas também pode ser normal.

Cada empresa possui um tempo para analisar os candidatos e respondê-lo e normalmente esse prazo é dito na página de cadastro do currículo ou em algum informativo.

A gente sabe que a ansiedade é grande neste momento e não tem problema entrar em contato uma vez para entender como anda o processo. O que vai, provavelmente, te desqualificar é a cobrança excessiva sobre uma resposta.

Investir na vaga erra é perder a chance de uma entrevista de emprego

O desemprego realmente está em alta no nosso país, mas isso não significa que você precisa se candidatar para todas as vagas possíveis que aparecem, principalmente se for de um mesmo grupo de empresas.

Além de te tirar do foco isso demonstra desespero e, certamente, nenhuma empresa busca um funcionário nestas características. Então na hora de selecionar as vagas, escolha aquelas que você realmente tem afinidade e maiores chances de ser chamado para uma entrevista de emprego.

Por mais que tenha qualificação para outras vagas em escala curricular menor, evite neste primeiro momento!

Leia mais: Dicas para entrevistas de emprego virtuais

Conseguir uma entrevista de emprego não é tão complicado quanto parece. O foco, a capacitação e uma boa apresentação profissional te colocam na frente de muitos candidatos. Aposte nisso!

Gostou das dicas? Compartilhe este post em suas redes sociais!

Dicas para entrevistas de emprego virtuais

Jovem utilizando notebook enquanto bebe café na xícara

Embora a pandemia tenha forçado uma frequência maior de entrevistas de emprego virtuais, a prática já existe há um certo tempo.

De qualquer forma, há um aumento significativo de entrevistas de emprego virtuais em nossa plataforma moderna de Recrutamento e Seleção i-Hunter. Acreditamos que o cenário está se tornando cada vez mais comum e as seleções virtuais vieram para ficar.

Mas a grande questão é: você está preparado para um processo seletivo feito por vídeo? Para garantir que sim, deixamos algumas dicas que ajudarão muito neste momento. Confira!

1 – Teste seu computador e internet

No momento em que você aceita passar por entrevistas de emprego virtuais, precisa entender que parte do processo envolve a sua estrutura, como computador e internet.

Acompanhe a conexão por pelo menos 3 dias e, para se sentir ainda mais seguro, entre em contato com a companhia do serviço para se certificar que não haverá manutenções programadas no dia e hora da chamada.

Veja como está a qualidade do vídeo e do som do seu computador. Se não tiver um computador reserva em casa, tente montar uma pequena estrutura para fixar o celular – jamais faça chamadas segurando o aparelho. Hoje, a maioria dos aplicativos de vídeo chamada já permitem o acesso por dispositivos móveis.

2 – Escolha o ambiente para as entrevistas de emprego virtuais

Este é, com certeza, um fato qualitativo para a sua classificação no novo emprego, principalmente se o cargo envolver reuniões frequentes.

Escolha um espaço neutro, sem distrações e o menor índice de barulhos. Evite proximidade com janelas. Elas geram uma ótima iluminação, mas você corre o risco de ter surpresas desagradáveis com os sons que vêm da rua.

Leia também: Veja algumas dicas para fazer um vídeo de apresentação!

3 – Feche dispositivo e abas paralelas em navegadores

Como citamos antes, evite o máximo de distrações em suas entrevistas de emprego virtuais. No momento da chamada, feche todos os dispositivos que geram alerta para o computador, como WhatsApp, por exemplo.

Também feche abas paralela e só as acesse no caso de o recrutador pedir para pesquisar algo ou acessar algum canal. Isso mostrará o quanto você está focado na entrevista!

 4 – Vista-se para uma entrevista de emprego

Não é porque você fará a entrevista em casa que se vestirá de qualquer forma. Arrume-se como se fosse para uma entrevista de emprego presencial.

No caso das mulheres, se necessário, usem maquiagens e arrumem o cabelo. Homem também devem estar com a aparência limpa, assim como mandam as políticas da empresa – não esqueça de verificá-las!

A roupa também é fundamental. Use peças neutras e que não confundam o entrevistador. É muito importante ter cuidado com decotes!

5 – Teste a plataforma antes da entrevista

Hoje existem muitas ferramentas de comunicação remota, que são utilizadas em entrevistas de emprego virtuais. As mais comuns são a Zoom, Meet e a Microsoft Tems.

Ao receber o convite para a entrevista, procure acessar a plataforma escolhida e veja se não há dificuldades no manuseio dela.

Se você nunca a usou, pratique os recursos fazendo algumas chamadas para um membro da família ou um amigo. Isso facilita na hora da entrevista, além de contar positivamente na sua classificação, claro!

O segredo para sair bem nas entrevistas de emprego virtuais é a praticidade e familiaridade que você demonstra com o processo. Hoje as empresas priorizam muito mais os funcionários que estão mais adaptados às tecnologias presentes no nosso dia a dia. Então, pratique-as e mostra que você é a pessoa que o recrutador procura!

Gostou das dicas? Deixe seu comentário!