Falta de tempo? Estressado por não estar conseguindo realizar o seu trabalho? Parte 2/3

10. setembro 2018 Emprego 0
Falta de tempo? Estressado por não estar conseguindo realizar o seu trabalho? Parte 2/3

Antes de montar a sua própria planilha de controle de rotinas de trabalho é preciso que você fuja de dois mitos: só um milagre é capaz de te tornar uma pessoa organizada e pessoas organizadas são neuróticas. Deixa toda essa bobagem para trás e lembre-se que para se organizar no trabalho e vida só é preciso um pouco de força de vontade.

Você já parou para pensar o que é que tanto interrompe o seu dia? Provavelmente a resposta estará ligada ao fato da não definição do que realmente é prioridade. Vimos no artigo passado que urgência e importante não são a mesma coisa, lembra? Então, esse ensinamento deve ser levado em conta para a sua planilha de controle de rotinas de trabalho.

Mais importante do aumentar a sua produtividade, é fazer com que ela seja impecável. Trouxemos uma lista com dicas para que você organize melhor a sua rotina profissional e, consequentemente, pessoal.

6 passos para montar uma planilha de controle de rotinas de trabalho

1 – Descubra como o seu tempo está sendo gasto

Suas tarefas são divididas em três: as urgentes (para amanhã ou hoje); as importantes (trazem bons resultados); e as circunstanciais (não interferem em nada, só na sua perda de tempo). Descobrir em qual dessas você está mais focado é um passo muito importante para o planejamento da sua planilha de controle de rotinas de trabalho.

Ao ter tudo claro, seu foco será centrado as tarefas urgentes, aumentando as atividades importantes e deletando o que for circunstancial.

2 – Tenha um plano

Planeje a sua semana de trabalho com antecedência, como na sexta-feira no fim do expediente, por exemplo. Essa é uma maneira de priorizar o que realmente deve ser feito em determinado dia, saiba o que pode se tornar urgente e se previna.

3 – Tenha uma ferramenta de planejamento

Pode ser por uma agenda tradicional, por aplicativos, na agenda do e-mail ou da forma que mais te agradar. O importante é que ela funcione para que todas as suas tarefas não estejam presentes apenas na sua cabeça, essa ferramenta será essencial para que você se planeje e antecipe possíveis problemas.

4 – Tenha real noção do seu período de trabalho

Não é normal acumular dezenas e centenas de horas extras, em algumas vezes devemos pedir por elas para finalizar um trabalho urgente, entretanto, se as horas extras não existissem, provavelmente você teria mais foco para terminar a sua produção dentro do tempo de 8 horas de serviço.

Tente criar limites para o seu dia.

5 – Mantenha o seu local de trabalho organizado

Você pode gastar muito tempo procurando por informações na sua mesa, por isso, organize as suas papeladas, documentos, revistas, livros e tudo o que possa ser importante.

6 – Todos os dias devem ter prioridades

Lembra da sua ferramenta de planejamento? Então ela deve ser usada, junto de todas as outras dicas. Faça da organização um hábito.