A importância da carta de apresentação

Há quem defenda que a carta de apresentação se tornou desnecessária, principalmente com o crescimento das plataformas de currículos online, como o LinkedIn. Mas isso não é bem uma verdade.

Os sites realmente tornaram a apresentação profissional mais dinâmica, mas eles não dispensaram a importância de outros documentos convencionais.

No livro ‘Great on de Job’ de Jodi Glickman, a especialista fala que “não enviar uma carta de apresentação é um sinal de preguiça. É o mesmo que cometer erros de ortografia e gramática em seu currículo”.

Neste post, mostraremos alguns pontos que afirmam a importância da carta de apresentação e apontam o porquê você não deve dispensar esse documento na hora de se candidatar a uma vaga.

A carta de apresentação ajuda construir um relacionamento com o empregador

Cada vez mais as empresas buscam profissionais que estejam alinhados com os propósitos da marca.  Quando o candidato cria uma carta de apresentação – mesmo que a empresa não solicite – ele ajuda a criar mais facilmente uma ligação com o seu empregador.

A partir da carta, o recrutador conseguirá identificar os propósitos de carreira do candidato, conhecerá mais da sua personalidade e as realizações que obteve ao longo da vida profissional.

Quando você apresenta tudo isso em uma vaga, certamente será observado com mais atenção e gerará uma importância maior na sua candidatura.

Conta mais sobre sua história

O currículo mostra muito sobre suas experiências, funções e capacitações profissionais. Já a carta de apresentação traz um contexto mais pessoal, mostrando a sua história e suas relações com as empresas por onde passou.

Esse é o documento onde dá para expressar seus valores, as melhorias que levará para empresa que está contratando, assim como a explicação do porquê você se considera o candidato ideal para a vaga.

É o momento de externalizar seus propósitos – sempre com atenção e cuidado na linguagem escrita -, complementando informações que não são convencionais para currículos.

Fracassos no currículo. Veja se vale a pena mencioná-los. Leia o post!

Dicas práticas para escrever uma boa carta de apresentação

Se você entende a importância da carta de apresentação e agora não sabe por onde começar, a gente deixou X dicas que te ajudarão muito nesse processo.

Personalize

Crie algo personalizado. Isso inclui o layout da página, mas principalmente, a fala usada no documento. Evite criar uma carta de apresentação genérica. Desenvolva algo que seja realmente direcionado para a empresa em candidatura.

Estruture

Não é apenas escrever. Uma boa carta de apresentação precisa de estrutura coerente. Use frases curtas, linguagem que se adapta à realidade da empresa que oferta a vaga e mantenha a coerência entre as informações. Evite o velho ‘encher linguiça’, pois o que vale não é o tamanho da carta, mas o conteúdo.

Profissionalize

Mesmo que você construa a sua carta de apresentação em um documento simples do Word, tenha cuidado em personalizá-lo. Aplique um rodapé com seus dados, use um modelo pronto e certifique-se que a pontuação e a gramática estejam coerentes.

 A carta de apresentação ainda é importante e ajuda muito na sua candidatura. Gostou das dicas? Acompanhe nossas redes sociais para mais dicas como essa! Siga nossa página no Facebook, perfil no LinkedIn e conta no Instagram! Te esperamos lá!